Alternativas cooperativas do transporte escolar aos materiais.

 

Educar uma criança não é tarefa fácil nem, tampouco, barata. Além disso, não basta garantir a educação formal dos pequenos – o que implica em gastos com matrículas, materiais, uniformes, etc. – é preciso também ensinar-lhes bons valores, com exemplos práticos no dia a dia. E uma boa forma de fazer isso é adotando atitudes mais cooperativas nesta Volta às Aulas.

Afinal, a essência da cooperação é juntar forças para atingir objetivos comuns. E colocar isso em prática, além de ser um bom ensinamento para todos, também pode te ajudar a economizar.

Aliás, cooperar, colaborar e compartilhar são comportamentos cada vez mais comuns em nosso dia a dia, tendo como facilitadores as redes sociais, os aplicativos e a própria ascensão da economia compartilhada.

E você pode adotar atitudes cooperativas desde o transporte escolar até a compra dos materiais ou na hora do lanche. Isso sem falar ainda nas próprias cooperativas de ensino. Confira tudo isso a seguir:

Cooperação no transporte escolar

Oferecer e pegar caronas é uma das atitudes cooperativas que podem ajudar a economizar nesta Volta às Aulas. Você pode tentar conversar com os pais de colegas dos seus filhos para tentar combinar caronas.

Ou, se achar viável, até sugerir para o colégio que adote plataformas como o Caronetas. O site faz um cadastro dos pais interessados e de seus endereços para identificar coincidências e propor alternativas de caronas.

Outra ideia é considerar as próprias cooperativas de transporte especializadas em escolares. Busque por essas instituições em sua região e confira os benefícios.

Cooperação nos materiais e uniformes

Na hora de comprar os materiais escolares, também dá para cooperar. A primeira dica, é buscar tudo o que as crianças já têm em casa e conferir o que se pode reutilizar e o que se pode revender.

Sites, plataformas e apps, como a Estante Virtual, o Livronauta e o Yzye podem ajudar a revender esse tipo de produtos e também a encontrar livros e outros materiais por preços muito menores.

Você também pode encontrar grupos específicos de compra/venda de materiais escolares nas redes sociais ou, quem sabe, combinar com outros pais um minibazar ou até trocas simples. E isso também pode incluir os uniformes, um casaco que não serve mais, uma calça em bom estado, etc.

Cooperação na hora do lanche

Nem toda escola oferece merenda às crianças. E preparar um lanche saudável e atrativo todos os dias nem sempre é tarefa fácil, não é mesmo?! Então, que tal combinar com os pais de outros colegas os lanches combinados?

A iniciativa pode começar aos poucos. Você combina com outro pai ou mãe para montarem lancheiras duplas em dias alternados. Um dia um pai faz sanduíches, no outro, a outra mãe faz um bolo, e assim por diante. Como em toda atitude cooperativa, a ideia é compartilhar esforços e resultados.

Cooperação no ensino

Partindo do princípio de unir esforços para conseguir mais benefícios para todos, é válido destacar também as Cooperativas Educacionais.

Esse tipo de instituição, normalmente, tem como cooperados os próprios pais de alunos e os professores, que se unem na formação de centros educativos em que possam ter maior participação na formação das crianças e jovens, além de oferecerem custos menores e maiores ganhos para todos, já que as sobras também podem ser transformadas em melhorias.

Em todo o país, já existem mais de 300 cooperativas educacionais, com destaque para Santa Catarina (com mais de 10 cooperativas do ramo) e para o Rio Grande do Sul (com 20). E você pode considerar alternativas como essa na hora de matricular seus filhos e inspirar neles bons valores.

Fonte: O Seu Dinheiro Vale Mais

 

 

 

Blog Sicoob Credpit

Postado por Blog Sicoob Credpit

Este blog é um canal de comunicação oficial do Sicoob Credpit - www.sicoobcredpit.com.br

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *