Veja como economizar energia, para não depender da previsão hidrológica.

 

Em maio, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias da conta de luz. Provavelmente, você ainda não sentiu o aumento no bolso, já que em junho o país operou com a bandeira tarifária verde, sem cobranças extras pelo consumo. Mas é bom ficar atento, pois a fatura pode ser mais cara nos próximos meses.

Criadas em 2015, as bandeiras tarifárias da conta de luz servem para “sinalizar quando as usinas hidrelétricas e reservatórios estão com seu desempenho comprometido dentro de uma projeção futura”, explica o engenheiro eletricista Sérgio Levin. Ou seja, a aplicação da bandeira verde, amarela ou vermelha depende da previsão hidrológica (de chuvas) e é igualmente válida para todo o país.

Logo:

Bandeira Verde

  • Previsão hidrológica: Normal
  • Sistemas em uso: Hidrelétricas
  • Valor com reajuste (por 100 kWh consumidos): Sem custo adicional

Bandeira Amarela

  • Previsão hidrológica: Pouca chuva
  • Sistemas em uso: Hidrelétricas e algumas termelétricas
  • Valor com reajuste (por 100 kWh consumidos): De R$ 1 para R$ 1,50

Bandeira Vermelha patamar 1

  • Previsão hidrológica: Nível de risco
  • Sistemas em uso: Hidrelétricas e termelétricas
  • Valor com reajuste (por 100 kWh consumidos): De R$ 3 para R$ 4

Bandeira Vermelha patamar 2

  • Previsão hidrológica: Risco de estiagem
  • Sistemas em uso: Todos
  • Valor com reajuste (por 100 kWh consumidos): De R$ 5 para R$ 6

Diante disso, a atitude mais consciente é começar a educar-se para fazer uso mais racional da energia elétrica desde já. Assim, independentemente das previsões climáticas, você pode economizar e colaborar com o meio ambiente. Veja algumas dicas:

Ar-condicionado

  • Ao comprar, escolha um modelo de acordo com o tamanho do ambiente em que será utilizado;
  • ao instalar, proteja a parte externa da incidência do sol, mas sem bloquear a ventilação;
  • ao usar, mantenha fechado o ambiente em que estiver funcionando o aparelho;
  • para manter o quarto frio durante a noite, ligue o aparelho um pouco antes de deitar e desligue-o antes de dormir;
  • desligue o aparelho em ambientes desocupados.

Chuveiro

  • Limite o tempo de banho e feche o chuveiro enquanto estiver se ensaboando;
  • quando possível, use o aparelho na posição verão;
  • considere desligar o chuveiro elétrico em dias de calor intenso, aproveitando a água aquecida dos canos;
  • se possível, evite tomar banho em horários de pico (entre 18h e 21h).

Ferro de passar

  • Acumule a roupa para passar toda de uma vez;
  • se precisar interromper o serviço, desligue o ferro da tomada.

Geladeira e freezer

  • Não deixe as portas aberta por muito tempo;
  • verifique se a borracha de vedação das portas está em bom estado;
  • se necessário, faça o descongelamento periódico segundo instruções do fabricante;
  • evite a proximidade com o fogão ou com áreas expostas ao sol;
  • não utilize as serpentinas (grades) para secar tecidos.

Lâmpadas

  • Evite acendê-las durante o dia; aproveite a iluminação natural;
  • apague as luzes de cômodos desocupados;
  • substitua as lâmpadas incandescentes por LED ou, pelo menos, por fluorescentes;
  • verifique a compatibilidade da voltagem (Volts) entre as lâmpadas utilizadas e a rede doméstica;
  • ao pintar a casa, prefira cores claras nos tetos e paredes.

Máquina de lavar

  • Junte a roupa para lavar toda de uma vez e use a máquina somente com a capacidade total preenchida;
  • Use a quantidade recomendada de sabão para evitar usar o enxágue duplo.

TV

  • Evite dormir com o aparelho ligado;
  • Quando ninguém estiver usando, desligue a TV da tomada.

Fonte: O Seu Dinheiro Vale Mais

 

Blog Sicoob Credpit

Postado por Blog Sicoob Credpit

Este blog é um canal de comunicação oficial do Sicoob Credpit - www.sicoobcredpit.com.br

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *