Histórias de quem superou desafios contando com um Seguro de Vida Mulher.

 

“Se eu não tivesse esse seguro, eu não sei o que ia ser hoje de mim.” O comentário da gaúcha Marilene Bernas – que superou um câncer com o apoio de um Seguro de Vida Mulher pré-contratado – ajuda a refletir sobre a importância desse tipo de garantia financeira.

É evidente que ninguém quer precisar utilizar um seguro como esses. Contudo, em casos de emergência, poder contar com um seguro de vida faz toda a diferença no mantimento do bem-estar familiar. Ainda mais quando se trata do Seguro Mulher.

Você sabia que, no Brasil, quase 30 milhões de mulheres são chefes de família? Sabia que a maioria das profissionais mulheres ainda ganha menos do que os profissionais do sexo masculino, mesmo quando se trata de cargos similares?

Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais as mulheres deveriam contar com a garantia financeira de um Seguro de Vida Mulher – um investimento que, além da cobertura em caso de morte ou doenças graves inesperadas, costuma oferecer auxílio em casos de invalidez permanente ou temporária, garantindo a renda familiar nesses momentos difíceis.

Por isso, há quem reconheça que investir nesse tipo de garantia financeira é, na verdade, uma atitude de valorização pessoal e de amor próprio.

Confira alguns casos reais que comprovam as vantagens do Seguro Mulher:

Marilene Bernas

Já fazia algum tempo que a gaúcha Marilene Bernas, 49, sentia dores nas costas, quando seu médico lhe pediu para fazer um exame “mais alterado” (como ela mesma definiu) e ela acabou descobrindo que tinha câncer no rim esquerdo.

Sua primeira reação foi de desespero: “Pra mim parece assim que tinha acabado o mundo”, conta Marilene. Até que ela lembrou que havia contratado anteriormente um Seguro de Vida Mulher na cooperativa Sicoob MáxiCrédito, em Coronel de Freitas – SC, onde vive atualmente.

“E deu tudo certo na minha cirurgia, eu paguei e tudo mais, fui no Sicoob e nos 30 dias já veio meu dinheiro na conta, até mais do que eu pensava. Foi uma ajuda que não tem explicação, até pra mim, sabe assim, respirar melhor, viver melhor.”

A colaboradora do Sicoob MáxiCrédito, Rafaela Pierezan, que acompanhou de perto o caso de Marielen, conta que “esse seguro que ela optou na campanha de Dia das Mães serviu pra ela numa situação que ela nunca imaginava que acontecesse com ela” e acrescenta que o mais gratificante foi “quando ela procurou a gente e a gente conseguiu dizer: sim, você tem esse produto, você tem essa ajuda, você pode contar conosco.”

Marimar Nascimento de Almeida

“Agradeço à minha gerente pela insistência dela que fez com que eu fizesse esse seguro, porque nos oferecem e a gente sempre diz: ‘depois’”, reconhece Marimar de Almeida, após ter precisado contar com a ajuda do Seguro Mulher.

No caso de Marimar, associada ao Sicoob União MT/MS, foi um AVC sofrido em 2019 que a levou a ter que utilizar a garantia financeira do seguro pré-contratado.

Daniele Silva, gerente do Sicoob União que atendeu Marimar, comenta: “Procuramos explicar para as pessoas que a vida delas é importante, que quando ficamos doentes temos que ter sim um amparo. Geralmente, quando acontece alguma coisa, nós não temos aquele valor disponível. Sem contar que estamos muito fragilizados.”

Marimar ainda acrescenta: “E o que foi mais maravilhoso é que foi tudo rápido, o pagamento, dentro de um mês tudo foi resolvido. Pude desfrutar desse benefício para minha saúde, porque eu precisei fazer vários tratamentos. Hoje estou aqui graças a Deus e ao seguro que eu recebi.”

Só que as vantagens de contar com um seguro como esse não param por aí. Veja só:

Outros benefícios do Seguro Mulher

Como o próprio nome já indica, o Seguro de Vida Mulher é um tipo de investimento pensado para asseguradas do sexo feminino. Por isso, além da cobertura por morte acidental ou natural, esse tipo de seguro também costuma incluir a cobertura por doenças graves tipicamente femininas como os cânceres de mama, de ovário e/ou de colo de útero.

Como demonstram os exemplos anteriores de Marilene (câncer de rim) e Marimar (AVC), as apólices desse tipo de seguro ainda podem incluir outras enfermidades e procedimentos críticos (como também infarto, pontes vasculares, transplantes de órgãos, etc.), assim como casos de invalidez permanente ou temporária, total ou parcial.

Além disso, há planos de Seguro Mulher que oferecem ainda:

  • Segunda opinião médica em caso de doenças graves
  • Assistência nutricional
  • Assistência para pequenos reparos domésticos
  • Assistência escolar para filhos
  • Sorteios e descontos em redes de estética e outros estabelecimentos de interesse

Tudo vai depender, é claro, das coberturas contratadas e da apólice assinada. Por isso, é muito importante pesquisar entre diversas opções e ler com atenção o contrato antes de fechar qualquer negócio.

Quanto custa?

Assim como em outros investimento do tipo, o custo do Seguro Mulher é calculado com base nas coberturas contratadas e nos riscos a que a assegurada está exposta, levando em conta, neste caso, fatores como a idade e o estilo de vida.

Por isso, quanto mais cedo uma mulher decide investir em um seguro assim, maiores são as chances de conseguir preços mais acessíveis.

Além disso, o relacionamento da assegurada com a seguradora também pode fazer diferença no valor do seguro.

Nesse sentido, os casos de Marilene e Marimar são ainda mais exemplares, já que – mais do que simples clientes de alguma instituição financeira – ambas são associadas a cooperativas financeiras, um tipo de entidade que oferece produtos e serviços similares ao de um banco comum, só que com muito mais vantagens, como veremos a seguir.

O fundamental aqui é entender que estão disponíveis no mercado desde apólices que custam menos de R$ 1/dia e contam apenas com coberturas básicas até aquelas que custam mais de R$ 200/mês e incluem diversas coberturas adicionais, com benefícios para a própria mulher e também para outros membros do grupo familiar. Pesquisar a melhor opção para você, para o seu bolso e para a sua família é imprescindível.

Onde contratar com mais vantagens?

Ao buscar por um Seguro de Vida Mulher com melhores condições, vale a pena incluir em sua pesquisa as cooperativas financeiras.

Integrantes do Sistema Financeiro Nacional, as cooperativas financeiras (também chamadas cooperativas de crédito) oferecem contas, seguros, investimentos, poupança, linhas de crédito, entre outras opções.

Só que, diferente dos bancos comuns, as cooperativas não têm fins lucrativos e, por isso, já são reconhecidas por cobrar taxas realmente mais baixas.

Além disso, para operar com uma cooperativa, é preciso associar-se e, sendo um sócio da instituição, você tem o direito de participar nas decisões e também nas sobras, quando os resultados são positivos. E quanto mais você opera com a cooperativa, mais sobras pode receber.

Se você decide, portanto, associar-se a uma cooperativa e contratar um seguro junto a essa instituição, por exemplo, pode acabar, como disse Marilene, ganhando  “até mais do que pensava”.

Algumas cooperativas, como o mencionado Sicoob – maior sistema cooperativista financeiro do país – possuem, inclusive, sua própria seguradora. Saiba mais aqui.

Gostou dessa dica? Cooperação começa por aqui, compartilhe esse conhecimento.

Fonte: O Seu Dinheiro Vale Mais

 

Blog Sicoob Credpit

Postado por Blog Sicoob Credpit

Este blog é um canal de comunicação oficial do Sicoob Credpit - www.sicoobcredpit.com.br

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *