O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, no último dia 10 em Brasília, trouxe uma ótima notícia para o cooperativismo de crédito do Brasil e, consequentemente, também para o agronegócio. Foi assinado o projeto de lei complementar de modernização para fomentar o crescimento do crédito cooperado.

O objetivo do Banco Central é elevar a participação das cooperativas de crédito brasileiras dos atuais 8% para 20% em 2022, no crédito total do país. E o presidente do Banco Central registrou que na Europa, a França tem no sistema das cooperativas 60% do movimento do seu sistema de crédito. Na Holanda 30% e na Alemanha 20%.

Dentro das medidas do projeto de lei complementar assinado ontem consta o fomento e atividade de negócios, com empréstimo sindicalizado. Aprimoramento de gestão e governança e da organização sistêmica, com mais eficiência no setor. E autorização para realização de campanhas promocionais para atrair novos associados.

Outro ponto destacado como papel importantíssimo para o cooperativismo de crédito no país envolve a jornada para o Norte e o Nordeste, passando de uma cobertura hoje de 13% dos municípios para 25% em 2022. E por que essa presença das cooperativas de crédito é muito importante?

Destacou Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central do Brasil, que nos municípios cobertos por cooperativas de crédito a renda per capita média se eleva em 5,6%. A proporção de vagas de emprego formal cresce 6,2%. E para cada real originado no município pelo sistema de cooperativas retornam R$ 2,45 como valor agregado à própria comunidade local.

Antônio Júlio Junqueira de Queiroz, do Conselho de Administração da Credicitrus e do Conselho Superior do Agronegócio (Cosag) da Fiesp, me disse: “buscarmos representar no sistema financeiro de crédito 20% do total do país, como outros países avançados, significa também para o agronegócio um importante desenvolvimento, pois vamos permitir que muitos agricultores bons, pequenos, cresçam e se desenvolvam”.

“A proposta está sendo levada ao poder legislativo para trazer um nova dinâmica para o setor de crédito cooperativo”, assim falou Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, ontem em Brasília.

Fonte: Jovem Pan

 

Sorte sua que é cooperado, contribui para o desenvolvimento da nossa região e concorre a mais de R$ 5 MILHÕES EM PRÊMIOS! Clique na imagem e saiba mais.

 

Blog Sicoob Credpit

Postado por Blog Sicoob Credpit

Este blog é um canal de comunicação oficial do Sicoob Credpit - www.sicoobcredpit.com.br

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *