Dicas financeiras para aproveitar melhor a melhor idade.

 

De acordo com o Estatuto do Idoso, as pessoas da melhor idade têm direito, entre outros, à saúde; à educação, cultura, esporte e lazer; à habitação; ao transporte, etc. A questão é que, nesses e em muitos outros casos, as finanças fazem toda a diferença.No imaginário popular, a terceira idade está bastante relacionada à aposentadoria, sendo vista idealmente como uma época em que há tempo livre de sobra para aproveitar a vida. Mas nem sempre é assim.Há muitas pessoas que já chegaram à melhor idade e ainda não conseguiram se aposentar. Há outros que seguem trabalhando mesmo após a aposentadoria (seja para ocupar o tempo ou complementar a renda). Alguns recebem auxílio financeiro dos filhos e outros, pelo contrário, seguem ajudando a filhos, genros e noras.Qual é o seu caso? Como é sua relação com as finanças?

Longevidade e aposentadoria

Com o avanço da medicina e da tecnologia e o maior acesso à informação, a expectativa de vida é um fator que segue em ascensão em praticamente todo o mundo. No Brasil, essa média já supera os 75 anos.

Para manter uma boa qualidade de vida durante todo esse tempo, as primeiras recomendações estão ligadas, é claro, a uma boa alimentação, à prática regular de exercícios físicos e à manutenção de uma vida social saudável.

Só que manter a saúde financeira também é fundamental. Para isso, o mais recomendável é planejar-se com antecedência e não confiar apenas na Previdência Social.

Em outras palavras, o ideal seria que, desde os primeiros salários, cada pessoa começasse a investir uma parte de sua renda em uma plano de previdência privada, por exemplo, com o objetivo de ter uma aposentadoria mais tranquila.

Há inclusive várias histórias de pessoas da melhor idade que fizeram isso e hoje conseguem desenvolver novos projetos na aposentadoria, de acordo com seus gostos e sonhos.

Para quem ainda tem tempo para acumular patrimônio essa é, portanto, uma atitude bastante recomendável. Se este é o seu caso, não deixe de ler Como funciona a previdência privada.

Por outro lado, mesmo que você já esteja por atingir essa fase ou já tenha ultrapassado os 60 e sua situação econômica não seja das mais confortáveis, existem também outras formas de garantir um pouco mais de tranquilidade financeira para fazer com que a terceira idade seja realmente a melhor. Veja a seguir:

Novos projetos na terceira idade

Viajar, estudar, trabalhar com aquilo que gosta, fazer esportes, cursos, etc. A melhor idade pode ser o momento ideal para dedicar-se a novos projetos e realizar tudo aquilo que você sempre sonhou.

Porém, nem sempre a renda da aposentadoria e/ou pensão é suficiente para garantir esses benefícios. Ainda assim, as pessoas de idade mais avançada ainda têm algumas opções para desfrutar de uma maior tranquilidade financeira, como:

Investimentos de curto prazo

Ainda que os investimentos de longo prazo já não sejam atrativos para pessoas da terceira idade, os investimentos de curto e médio prazo continuam sendo ótimas opções para fazer o seu dinheiro render mais. Aplicações como as Letras de Crédito Imobiliário (LCI) ou do Agronegócio (LCA), títulos do Tesouro Direto Selic e Recibos de Depósito Cooperativo (RDC) são boas opções para isso.

Seguro de vida

Esse tipo de garantia financeira serve para assegurar o seu patrimônio mais importante: sua vida. Mas também é fundamental para assegurar o padrão de vida e garantir o bem-estar da sua família em caso de que ocorra alguma fatalidade.

Existem inclusive alguns seguros dessa modalidade destinados especificamente a pessoas da melhor idade e também alguns voltados especialmente ao público feminino.

Crédito consignado

Para realizar projetos pontuais ou enfrentar algum imprevisto, o crédito consignado é uma das opções mais interessantes para quem está na melhor idade, já que é uma das modalidades de empréstimo com as menores taxas de juros e as prestações são descontadas diretamente do benefício (aposentadoria e/ou pensão) recebido.

 

LEIA TAMBÉM: Manual do Crédito Consignado

 

Associar-se a uma cooperativa financeira pode ser uma forma de economizar e também de ganhar mais, já que essas instituições não visam ao lucro – e por isso podem cobrar taxas muito menores – e ainda distribuem as sobras entre todos os associados conforme suas participações, em caso de resultados positivos.

Associação a uma cooperativa

Além disso, em uma cooperativa financeira é possível ter acesso a investimentos, seguros, linhas de crédito, consórcios e muitos outros produtos e serviços com mais vantagens.

 

SAIBA MAIS NO E-BOOK: O Cooperativismo Financeiro é para você!

 

Nunca é tarde para aprender mais

Por mais histórias e experiências que você já tenha acumulado, sempre é possível aprender mais. Isso também é válido para sua vida financeira.

Aprender a organizar o seu orçamento e planejar seus gastos, por exemplo, é fundamental para manter o controle das suas contas.

Aprender a economizar e evitar dívidas também pode ser bastante útil nesse sentido.

Para tratar sobre esses e outros temas relacionados, o governo federal criou a Cartilha de educação financeira para a melhor idade. Basta clicar para acessar e começar a aprender mais.

Gostou dessa dica? Cooperação começa por aqui, compartilhe esse conhecimento.

Fonte: O Seu Dinheiro Vale Mais

 

Que tal aproveitar a Promoção “Julho do Consignado” Sicoob? Clique na imagem abaixo e solicite um contato nosso. É rapidinho. 😉

 

Blog Sicoob Credpit

Postado por Blog Sicoob Credpit

Este blog é um canal de comunicação oficial do Sicoob Credpit - www.sicoobcredpit.com.br

Envie uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *